sábado, 19 de julho de 2014

sábado, 22 de setembro de 2012

´THE MUSIC ILAHY' - CAPÍTULO 2




Segundo ‘The Music ILAHY’ na área! Demorou, mas aqui está! Vamos entender um pouco mais sobre a relação entre o Capítulo 2 e a sua música.

Capítulo 2  – Jogo Sem Sofrimento

P!nk – So What


 Bem, se você considerar o início da letra dessa música da P!ink, se perguntará que diabos de relação pode existir com uma fanfic civilizadamente correta como ILAHY. Não há drogas ou bebidas, mas há todo um contexto por detrás de toda a letra. Vejamos o primeiro trecho:

'I got a brand new attitude (Estou de atitude nova)
And I'm gonna wear it tonight (E vou usá-la essa noite)'

Os primeiros versos da música já demonstram uma ligação entre a música e o Capítulo 2. P!nk cita uma 'nova atitude'. Uma nova atitude também  é adquirida pela Protagonista no início do capítulo. Ela e o Peter terminaram e ela percebeu que ela era a única que estava sofrendo. Isso a deixou irritada e o seu orgulho acabou falando mais alto. Ela não queria mais sofrer, ela não queria mais chorar por ele. Então ela muda de atitude. Ela vai fingir que não se importa e que não está nem um pouco triste com o término do namoro. Como ela mesma diz, não vale a pena dar esse gostinho a ele, certo?

'I wanna get in trouble (Quero me meter em encrenca)
I wanna start a fight (Quero começar uma briga) '

Ai está um outro trecho que mostra a nova personalidade da Protagonista. Ela quer deixar de se importar com tudo e com todos. Ela quer brigar pela felicidade dela e acabar com qualquer pessoa que pense em ameaçar o seu objetivo. Ela cansou de ser sensível e delicada. Agora, ela quer mandar todos pro inferno e fazer e viver o que ela realmente quer.

'So so what? (E daí?)
I'm still a rock star (Ainda sou uma estrela do rock)
I got my rock moves (Tenho meu estilo roqueiro)
And I don't need you (E não preciso de você)'

Não, a Protagonista não é uma estrela do rock e também não tem um estilo roqueiro, mas ela tem o brilho dela, ela tem seus defeitos e suas qualidades. Essa garota não vem sendo ela mesmo por um bom tempo. Peter é o principal responsável. Foi pelo Peter que ela mudou, foi pelo Peter que ela deixou o seu próprio brilho se apagar. Agora, tudo estava de volta! ELA estava de volta e adivinha? Ela não precisa mais dele!

'And guess what (E quer saber?)
I'm having more fun (Estou me divertindo mais)
And now that we're done (Agora que terminamos)
[...]
And you're a tool (E você é idiota)'

Peter não está com mais nada mesmo, haha. A Protagonista finalmente percebeu quem era o seu ex-namorado. Ela ainda sentia algo por ele, mas ela descobre que ficou bem melhor sem ele. Ela percebeu que Peter tirava o que existia de melhor nela, a vontade de ser forte. Ela era a pessoa mais sensível do mundo ao lado dele, talvez esperando que ele a confortasse e acabasse com suas angústias.

O trecho também demonstra novamente o lado orgulhoso da garota, que de acordo com o próprio tom e o próprio modo de se expressar de P!ink, mostra que ela está irritada com aquela situação. Ela quer jogar na cara de Peter que ela está bem, apesar de tudo.

'You weren't there (Você não era presente)
You never were (Nunca foi)
You wanted all (Você quer tudo)
But thats not fair (Mas isso não é justo)
I gave you life (Dei uma vida a você)
I gave my all (Dei tudo de mim)
You weren't there (Você não estava lá)
You let me fall (Você me deixou cair)'


Esse trecho é o que mais demonstra o drama da Protagonista. Nesses versos, ela conta como sofreu, como o relacionamento com Peter acabou se desgastando, como Peter não demonstrava e nem retribuía o amor que ela sempre demonstrou a ele. Ela nunca foi a prioridade de Peter. Ela não tinha um nome, ela era 'namorada do Peter' e isso bastava. Ela passou meses tentando diminuir o máximo de seu brilho, para que Peter pudesse brilhar pelos dois. Além disso, os últimos versos, poderiam facilmente ser parte de um diálogo da Protagonista com o Peter, por que é exatamente o que ela diria. Ela amou Peter (pelo menos, achou que amou) e o que ele lhe deu de volta? E o que ele fez por ela, além de deixá-la cair? Absolutamente nada.


P!ink é bastante clara em suas músicas. Ela não tem medo de usar palavrões e termos que muitas garotas não gostam de usar. Ela abre o seu coração, mesmo em uma melodia divertida como a de 'So What'. A melodia contou e muito para a escolha da música. Eu não queria que o drama da garota fosse exposto de forma triste. Não com o Peter. O sofrimento verdadeiro viria mais tarde com o Jonas.  

A melodia também se encaixa perfeitamente com o capítulo. O capítulo em que a Protagonista começa a se rebelar, começa a colocar suas 'asas pra fora', sem medo de voar. A garota durona e a carrasca dos garotos da escola estava de volta e não tinha como fazer isso sem a P!ink por perto, certo?

--

O que vocês acharam de ‘So What’ ? Realmente acham que há uma semelhança com o capítulo 2? Deixe sua opinião nos comentários.

Obrigada por ler.

Até o próximo ‘The Music ILAHY’. 


domingo, 2 de setembro de 2012

´THE MUSIC ILAHY' - CAPÍTULO 1




Primeiro ‘The Music ILAHY’ e nada mais óbvio do que começarmos pelo capítulo 1. Prontas? Vamos lá!

Capítulo 1 – Apenas o começo

Avril Lavigne – Runaway




Quando eu comecei a escrever ILAHY, eu já sabia que a Avril Lavigne seria uma grande inspiração musical pra muitos capítulos. Nada mais justo do que começar a trilha sonora com ela, certo? Mas esse não foi o único fator que me fez optar por 'Runaway'. Eu queria uma música alegre, uma dessas músicas de garotas de colegiais e que ao mesmo tempo, dissesse para as leitoras como seria a fanfic inteira.

O 1° capítulo de ILAHY começa com o estresse da protagonista, que começa o dia de forma péssima. Ela se atrasou para a escola e tem um ex-namorado que lhe deu um fora há alguns dias atrás. Ai está a primeira semelhança entre a música de Avril Lavigne e o capítulo.

Confira o trecho da música:

Got up on the wrong side of life today, yeah (Acordei pelo lado errado da vida hoje, yeah)
Crashed the car and I'm gonna be really late (Bati o carro e eu realmente irei me atrasar)
My phone doesn't work cause it's out of range (Meu telefone não funciona porque está fora de área)
Looks like it's just one of those kind of days (Parece que esse é um daqueles tipos de dias)

A música narrou em seus primeiros versos o início complicado da vida da protagonista na fanfic. A melodia da música também se encaixa bastante, por que mesmo narrando o desastre da vida da garota, a melodia é animada e não deixava que aquilo fosse encarado como algum ruim, mas sim, como mais um dia péssimo na vida de uma garota de 17 anos.

Confira o segundo trecho da música:

You can't kick me down I'm already on the ground (Você não pode me deixar pra baixo, porque eu já estou no chão)
No you can't cause you couldn't catch me anyhow (Não, você não pode pois você não poderia me pegar de qualquer maneira)

A partir desse trecho, já podemos deduzir quem é o ‘você’, não é? O trecho demonstra perfeitamente o tipo de relação que existe entre a protagonista e o Jonas. O ‘casal’ está sempre se provocando e tentando vencer uma guerra sem fim entre eles. Também podemos notar um pouco do orgulho e do lado ‘durona’ da garota, que se acha inquebrável e que não quer deixar ninguém saber o quanto é sensível e que sofre sem ninguém saber.

Mais um trecho:

And I feel so alive (E eu me sinto tão viva)
I can't help myself, don't you realize? (Eu não posso me ajudar, você não percebe?)

A primeira frase demonstra que apesar do dia péssimo, que apesar de sua vida estar péssima, a protagonista ainda tem momentos bons. Ela ainda se sente viva para viver novos momentos. Momentos esses que nos levam diretamente para a segunda frase do trecho acima, em que ela demonstra uma total de necessidade de alguém que a ajude, já que ela não pode fazer isso por ela mesma. A garota precisa muito de um cara que a ajude a passar por tudo o que ela está passando e por tudo que ela ainda tem que passar. Porém, ela ainda está achando que esse cara pode ser o Peter.

I just wanna scream and lose control (Eu só quero gritar e perder o controle)
Throw my hands up and let it go (Jogar as minhas mãos pro alto e deixar isso pra lá)
Forget about everything and runaway, yeah (Esquecer de tudo e fugir, yeah)

É nesse trecho que podemos perceber que a protagonista está cansada de seus problemas. Ela quer uma vida nova, um novo amor, tudo novo. Ela quer aproveitar a vida de adolescente. Ela quer se apaixonar e não pensar nas consequências. Ela quer esquecer o Peter e viver algo que realmente mereça o seu tempo.

E enfim:

I'm in a fight with the world but I'm winning (Estou numa briga com o mundo, mas estou ganhando)
Stay there come closer it's at your own risk (Fique aí, chegue perto, é tudo por seu próprio risco)

O último trecho mostra novamente o orgulho da garota. Ela quer parecer forte, ela quer ser melhor que todo mundo apenas para não demonstrar fraqueza. A última frase demonstra bem que ela precisa de um cara, mas não de um cara que vai fazê-la sofrer como o Peter fez. Ela já aprendeu a lição, ela não quer sofrer de novo. Ela quer um garoto, mas ela está convicta de que esse cara não arruinará sua felicidade.

A Avril Lavigne é uma grande voz em toda a fanfic, por que ela sempre mostra o lado feminino das situações. Ela demonstra as situações com clareza e sem medo.  Eu gosto da forma que ela se expressa nas músicas e tem muito da fanfic em suas músicas.

‘Runaway’ é apenas o início de tudo. Inicio de diversas incertezas. A melodia agitada, passa a impressão de vida de adolescente, que é o que temos em ILAHY. Vida adolescente, drama adolescente, amor adolescente. Tudo! Tudo o que 8 adolescentes menos esperavam viver juntos.
 --

O que vocês acharam de ‘Runaway’ ? Realmente acham que há uma semelhança com o capítulo 1? Deixe sua opinião nos comentários.

Obrigada por ler.

Até o próximo ‘The Music ILAHY’. 


NOVIDADE: 'THE MUSIC ILAHY'



O que é isso?

Vocês já se perguntaram como é feita a escolha de música para cada capítulo de ‘I Love And Hate You’ ? Se sim, vocês vão ter a resposta dessa pergunta em breve. ‘The Music ILAHY’ será uma série de matérias sobre um os destaques de ILAHY, as músicas. As matérias vão ser postadas no ‘Hall das Leitoras’, no link: http://ficiloveandhateyou.blogspot.com.br/ .

Como vai funcionar?

Serão elaboradas várias matérias falando sobre a relação entre as músicas e os capítulos de ILAHY. Em cada postagem, um capítulo e a música do mesmo vão ser analisados. Ex: Analisaremos o capítulo 1 e  a música do capítulo 1, demonstrando a relação entre eles. Eu (Rah) também explicarei o motivo de ter escolhido determinada música para determinado capítulo, levando em conta que não é só a semelhança entre o capítulo e a letra da música que conta. Diversos requisitos são avaliados e vocês vão saber de tudo.

Quando será postado?

Não terá um dia fixo e muito menos um dia certo da semana para ser postado. Será postado de acordo com o que for escrito. Pode ser que seja postado a matéria de dois capítulos em um mesmo dia, mas também pode ser que passemos uma semana sem postar uma matéria.
Espero que gostem e que finalmente entendam as escolhas das músicas, que são feitas de forma cuidadosa para a melhor leitura de vocês.

Com amor, @jonasnobrasil . <3

quinta-feira, 19 de julho de 2012

[MÚSICA] 'Passado' por @_NiseSoares


A música abaixo foi escrita por uma das leitoras e foi inspirada em 'I Love And Hate You'.

Veja:



Passado 


(ELA)

Tive que aceitar 
Para conseguir enxergar 
Tudo o que se passava aqui dentro 
Ir embora todo aquele receio “eu te amo” não é fácil dizer
Embora seja um prazer 
Te ter aqui do meu lado 
Sem ter que lembrar do passado 
Mas ele sempre volta a aparecer 
Fazendo-me não te merecer 
E se ele conseguir te tirar de mim 
Sinto muito mas esse será meu fim 

Juro, nunca quis te magoar 
Nunca quis te deixar 
Com dúvidas permanecendo 
Crescendo, crescendo 
Mas juro nunca vou te esquecer 
Nunca vou merecer 
Esse amor aqui dentro 
Que vai crescendo crescendo 

(ELE) 

Tive que renunciar 
Para conseguir salvar 
O nosso relacionamento 
Ir embora o todo aquele sofrimento 
Eu sempre quis te ter 
E demorou para eu te merecer 
Mas ficou no passado 
Tudo aquilo que eu fiz de errado 
Mas ele sempre volta a aparecer 
Fazendo você não me merecer 
E se ele conseguir te tirar de mim 
Sinto muito mas esse será meu fim 

Juro, nunca quis te magoar 
Nunca quis te deixar 
Com dúvidas permanecendo 
Crescendo, crescendo 
Mas juro nunca vou te esquecer 
Nunca vou merecer 
Esse amor aqui dentro 
Que vai crescendo crescendo 

(ELA)

Eu sei que te magoei 
Mas tudo aquilo que queres serei 
Ter ciúmes de você é muito fácil 
Mas não me julgue, não está tudo acabado 

(ELE)

Eu sei, também sou errado 
Você é tudo o que venho sonhado 
Não acho justo terminarmos assim 
Eu juro aqui, nós não vamos ter um fim 

(OS DOIS)

Juro, nunca quis te magoar 
Nunca quis te deixar 
 Com dúvidas permanecendo 
 Crescendo, crescendo 
Mas juro nunca vou te esquecer 
 Nunca vou merecer 
Esse amor aqui dentro 
Que vai crescendo crescendo.

LINDA DEMAIS, né? 

[FOTO] Leitora escreve o título de 'ILAHY' na parede de seu quarto!


A leitora @_NiseSoares , fez uma homenagem linda para 'ILAHY' e escreveu o seu nome na parede de seu quarto.

Confira: 


Incrível, né? 


sexta-feira, 13 de julho de 2012